Melhor, maior, mais bonito e com Inteligência Artificial

Por Julio Cesar Regis

O termo “features” no marketing e na publicidade é utilizado para destacar diferenciais e características no objetivo de convencer o consumidor que determinado produto é melhor que o concorrente: a câmera dupla que faz selfies incríveis, as partículas no sabão em pó que deixam o branco mais branco, o amortecedor do tênis que te ajuda a correr sem se lesionar. Este tipo de destaque existe desde o início das campanhas publicitárias e é utilizado de maneira mais ou menos sutil de acordo com a marca, segmento etc. Recentemente os mais atentos perceberam que nada mais, nada menos, que a Inteligência Artificial se tornou feature exibido dezenas de vezes ao dia em comerciais de televisão aberta para duas marcas tradicionais no Brasil: a Volkswagen e o Bradesco.


A peça de lançamento do SUV Tiguan Allspace logo em seu início mostra a clássica cena da família viajando no seu no VW e o destaque: “Manual Cognitivo com Inteligência Artificial”. Este projeto de manual da montadora permite que o proprietário utilize a voz para fazer perguntas a um aplicativo no celular para tirar dúvidas sobre o funcionamento e manutenção do carro. O antigo e pesado manual de instruções que ficava jogado no porta-luvas do carro está sendo discretamente abandonado. O leitor do blog pode até alegar que esta inovação está presente em um produto de mais de R$120.000, mas na verdade o Manual Cognitivo já havia sido lançado no sedã médio Virtus da mesma montadora.



Mas se você ainda acha que a Inteligência Artificial ainda é algo restrito para poucos endinheirados, a nova campanha do Bradesco chega para dizer a todos que realmente os tempos mudaram. Com grande veiculação na mídia o banco apresenta a BIA, um sistema desenvolvido para esclarecer dúvidas e realizar transações de seus milhões de clientes, também utilizando um aplicativo onde perguntas e solicitações feitas por voz agilizam o dia-a-dia do correntista. O sistema é apresentado aos clientes de maneira bem simples e ainda ensinando um conceito básico dessa revolução proporcionada pela computação cognitiva: “BIA é a Inteligência Artificial do Bradesco. Ela ainda não sabe tudo. Mas, a cada pergunta, ela aprende com você. Assim como a Volkswagen, o Bradesco também utiliza o Watson (a plataforma de serviços cognitivos da IBM para negócios) como parceiro no desenvolvimento dessas soluções.



Inteligência Artificial como feature será cada vez mais comum em diversos comerciais que você assiste na tradicional televisão, mas aos poucos não será mais necessário utilizar o termo de maneira tão direta, estando presente em soluções que a mesma tecnologia proporciona. Falando em televisão, com certeza você já parou para pensar como o Netflix é bom em te recomendar filmes e séries. Será que ele também aprende com você assim como a BIA?


Um abraço e até a próxima.

0 visualização
LINKS
CONTATO

contato@i2ai.com.br

Avenida Angélica, 2118. CJ 94
01228-200

São Paulo - SP 

SIGA A I2AI
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube

© 2020 - I2AI - International Association of Artificial Intelligence

contato@i2ai.com.br
Avenida Angélica, 2118. CJ 94. CEP 01228-200 - São Paulo - SP

CNPJ: 33.270.289/0001-18

Termos e Condições
A associação em todos os seus modelos é renovada a cada doze meses.  A pessoa física ou jurídica receberá a confirmação da sua associação em 24 horas úteis.

Política de Privacidade
Seus dados serão utilizados para o envio de comunicados e ofertas personalizadas da I2AI.

Política de Reembolso
Em caso de associação através da plataforma de pagamentos deste site, o Associado poderá desistir deste instrumento no prazo de 15 (quinze) dias a contar da data de adesão do Associado a I2AI Brasil. Caso esse direito de arrependimento seja exercido pelo Associado, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos integralmente em até 7 dias úteis da solicitação.​​

O pedido de reembolso pode ser feito diretamente ao e-mail contato@i2ai.com.br contendo os dados utilizados no momento da associação.